A Origem da Black Friday?

Afinal, qual é a origem da Black Friday?

O fim do ano vai se aproximando e nós já começamos a ouvir pessoas comentando de guardar dinheiro para a Black Friday. No final de outubro e começo de novembro, vários sites já começam a anunciar as suas promoções. Que podem, inclusive, durar o mês inteiro! Mas você já se perguntou qual é a origem da Black Friday?

A Black Friday é um costume bem comum lá nos Estados Unidos, que foi adotado aqui, como muitas coisas que nos influenciam culturalmente. E isso já faz alguns anos. Sendo assim, como a Black Friday já virou um costume aqui, muitas pessoas começaram a se perguntar como ela teve início.

E é justamente disso que vamos falar hoje. Então, prepare-se e fique com a gente para saber um pouco mais sobre essa data tão importante para o comércio e para o consumidor.

Desfazendo mal entendidos | A origem da Black Friday

Primeiramente, vamos desfazer um mal-entendido que surge, especialmente, quando traduzimos o termo Black Friday para Sexta-Feira Negra. As comparações com a Terça- Feira Negra – dia da quebra da Bolsa de NY em 1929 – surgem facilmente. Ainda mais, se levarmos em conta a conotação negativa do termo negro em razão do racismo.

E se analisarmos, cuidadosamente, todas as oportunidades de compra e venda geradas no dia das promoções, veremos que essa conotação negativa não tem razão de ser. Então, se você gosta de promoções e preços muito abaixo, a Black Friday só pode ser sinônimo de coisas boas.

Qual o dia certo para a Black Friday?

A data certa varia, mas como o nome sugere, é sempre na sexta-feira. E essa variação se dá por conta do Thanksgiving Day, o Dia de Ação de Graças dos Estados Unidos. Nesse feriado, as famílias tendem a se reunir para celebrar a união e o que o ocorreu de bom no ano. Uma tradição que remonta desde os acordos entre colonizadores e nativos.

E o Thanksgiving, por tradição, sempre cai na quarta quinta-feira do mês de novembro. Logo às portas do Natal. O dia seguinte ao dia de Ação de Graças é, então, a Black Friday.

Entretanto, em países, onde não é comemorado o Thanksgiving, a Black Friday pode acabar se perdendo no caminho. É o caso do Brasil. Aqui, onde a Black Friday virou sinônimo de promoção, o termo é usado em qualquer época do ano, tendo até a estranha Black Friday de Carnaval.

Mas qual é a razão de ser da Black Friday?

A intenção da Black Friday é aquecer o comércio. Para isso, lojas fazem promoções, que podem chegar a até 90% de desconto. Isso tudo para que, no final do dia, as prateleiras e o estoque estejam vazios.

Isso porque o intuito é, de fato, abrir espaço, se livrando dos produtos mais antigos, que não foram vendidos nos últimos 11 meses. Dessa maneira, o estoque fica livre e o caixa cheio, para encomendar os produtos de Natal e, assim, poder cobrar mais caro pelos itens novos. E faturar bastante, já que todos compram no Natal.

Apesar de, nos Estados Unidos, a Black Friday não ser um feriado oficial, muitas empresas liberam os colaboradores para que possam fazer as suas comprar e aproveitar os preços baixos. Exceto para os que trabalham nas lojas, claro. Se a sua empresa não faz isso, existe sempre a opção de se comprar online.

black friday curso de ingles origem cambly no celular

As compras online no Brasil | A origem da Black Friday

Aqui no Brasil, as compras online e depois do expediente crescem bastante também, aos moldes do comércio estadunidense. Mas fique atento. Antes, muitas empresas subiam os preços algumas semanas antes da Black Friday e cobravam o valor normal no dia. Hoje, isso é considerado prática abusiva e, caso você veja, denuncie à Defesa do Consumidor.

E o que se pode vender na Black Friday? A intenção inicial, é vender, apenas, aqueles produtos que insistem em ficar no estoque, impedindo o caixa de girar e o lojista de reabastecer. Entretanto, aqui no Brasil, as coisas tomaram rumos um pouco diferentes.

Encontramos diversos produtos que não fazem estoque, como produtos perecíveis, por exemplo. Hortifruti, itens de cesta básica e até a carne do churrasco podem ganhar descontos especiais nesse dia. E, como os consumidores têm aceitado bem, os lojistas continuam fazendo essas promoções.

Outros itens que, dessa vez em escala mundial, ganham desconto, são produtos digitais. Desde livros virtuais, cursos online e artes digitais, muitos entram nessa onda. Se você procura passagens aéreas, talvez, valha a pena dar uma conferida nelas na última sexta-feira de novembro.

Mas, afinal, por que Black Friday?

O termo Black Friday já está, até, incorporado em nossa cultura, de tanto que usamos. E a sua origem possui duas hipóteses prováveis.

A primeira hipótese diz respeito aos carros usados pelas pessoas para fazerem suas compras no dia dos descontos incríveis. Mais especificamente, na cidade de Filadélfia. Era uma verdadeira confusão de carros, bicicletas, charretes, pedestres e, no meio de tudo isso, os guardas de trânsito, tentando controlar tudo isso.

E foi, justamente, a guarda municipal da Filadélfia que teria dado esse nome à data. A razão seria a forte presença de marcas pretas deixadas pelos carros e outros veículos com pneus de borracha nas ruas. Revoltados com essa confusão, os servidores municipais associaram ao dia à sua consequência mais notável.

Outra hipótese diz respeito ao próprio faturamento das lojas. Isso porque cores bem específicas são usadas para indicar tanto os lucros quanto os prejuízos do comércio. O vermelho você já conhece, indicado para quando as coisas não vão muito bem. Tanto que a expressão be in the red, significa, literalmente, estar no vermelho.

Agora, quando os ganhos chegam, podemos utilizar o azul, que é tida como uma cor oposta e complementar ao vermelho. Entretanto, para o gráfico fique mais sóbrio, a cor mais utilizada é o preto. Assim, como é um dia de aumento do faturamento, esse é um dia onde a sua empresa estará no preto, um dia onde não se pode haver prejuízo.

Sendo assim, essa é a forma como a Black Friday surgiu e se popularizou no mundo todo. A iniciativa é uma forma de que todos saiam ganhando. Lojistas podem faturar muito mais do que o ano todo e os consumidores podem adquirir produtos  com ótimos descontos.

Para saber mais sobre a Black Friday do Cambly e aprender mais sobre a cultura norte-americana, não deixe de conferir os conteúdos exclusivos do Cambly!

Esperamos ter ajudado, muito obrigado e até a próxima!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: