English Like a Native: Fale Inglês Como Nativo

Já pensou em falar English Like a Native? Descubra as dicas de como falar Inglês como um nativo

Temos como parâmetro para se medir o nível de fluência em inglês, de uma pessoa, o quão próximo está o que ela fala, com a fala de um nativo. Conhecido como English like a native, essa média ainda é bastante usada. Entretanto, existem algumas considerações a serem feitas, quando vamos usar essa métrica.

Por isso, hoje, vamos desvelar um pouco mais sobre essa métrica, o que é o English like a native e como podemos melhorar a nossa fluência. Além disso, vamos analisar onde pode e onde não podemos utilizar esse conceito de English like a native.

english-like-a-native-cambly-ingles-nativo

O que é ser fluente em Inglês?

Primeiramente, devemos entender quais são as habilidades que compõem uma língua falada e grafa. São elas, a audição, a fala, a leitura e a escrita. Todas essas habilidades são aprendidas nessa ordem, independente de qual língua estamos falando. E, sendo essa a nossa língua nativa, elas serão nossa primeira forma de compreensão refinada.

Da mesma forma que para nós o português é um idioma nativo, para alguém nascido, por exemplo, nos EUA, o inglês o é. Portanto, falar English like a native é mais fácil quando se é, de fato, um nativo.

Entretanto, é possível, para um não nativo chegar lá. Primeiramente, devemos conhecer quais são os níveis de proficiência em língua inglesa.

Proficiência: do básico ao English like a native

Os níveis de proficiência em inglês são, internacionalmente, nomeados através da tabela do Common European Framework of Reference for Languages (CEFR) (em português Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas). Ele é o ideal para, por exemplos, currículos internacionais. Veja a classificação abaixo:

  • A1

Esse nível é mais conhecido como básico. Aqui o aluno não tem nenhum conhecimento de inglês. Um aluno nesse nível consegue entender e fazer uso de expressões comuns no dia a dia e fazer apresentações de si e de outros. Também pode perguntar e responder questões simples, como o local onde vive, as coisas que tem e o que ele conhece.

  • A2

Esse é o nível conhecido como Iniciante. O aluno, nesse nível, consegue compreender frases isoladas e informações mais simples, como instruções.

Também, é capaz de se comunicar em tarefas simples e comuns, que não exigem grandes trocas de informação, descrever a si próprio e comunicar as suas necessidades mais imediatas.

english-like-a-native-cambly-nativos

 

  • B1

Esse é considerado o nível intermediário. O aluno já consegue se comunicar, mas com algumas limitações.

Ele é capaz de, nesse nível, viajar para outros países e lidar com situações de rotina. Também, pode descrever o que passou nessas viagens ou outras experiências e produzir textos sem grande complexidade.

  • B2

Esse já é tido como um nível avançado de inglês. A pessoa no nível B2 é capaz de entender boa parte dos textos e conversas com as quais entra em contato. Também possui um bom conhecimento de gramática.

Também consegue entender textos técnicos, dentro da sua área. Durante uma conversa, consegue se comunicar com nativos, mesmo não possuindo o English like a native. Em meio a uma discussão, é capaz de defender o seu ponto de vista.

  • C1

Esse é chamado de nível de auto-aprendizagem ou de auto-estudo, onde o aluno é capaz de se guiar, sem o auxílio de um professor. Aqui, você é capaz de dominar, funcionalmente, o inglês.

Assim, a pessoa é capaz de dominar uma variedade imensa de textos longos e usar o inglês em diversos ambientes, desde o informal, ao formal. Também vai apresentar uma conversão mais espontânea.

  • C2

Esse é o nível de fluência, onde você terá, de fato, o English like a native. Nessa etapa, o inglês será tão natural que você conseguirá compreender, com facilidade, tudo o que ouve e lê. Você conseguirá se expressar com grande facilidade, mesmo nas situações que exijam mais de você.

Observação

É importante dizer que esses níveis de proficiência se referem a cada uma das habilidades da língua. Por isso, é possível que uma pessoa tenha, por exemplo, um nível B2 em leitura e audição e um nível B1 em fala e escrita. O ideal é ter o English like a native em todas as quatro habilidades.

english-like-a-native-cambly-ingles-online

Por que é tão difícil alcançar English like a native?

Isso se dá por conta de vários fatores. O principal obstáculo entre você e o English like a native é a falta de prática. Se você não passou pelos outros estágios, não é possível alcançar a fluência. Não existe atalho no aprendizado do inglês.

Outro fator a ser considerado é o sotaque. Todos nós o temos e é muito difícil de se perder. Especialmente, se moramos em um lugar onde não se fala inglês. O sotaque de algumas regiões onde se fala inglês também é bem característico e, por vezes, difícil de se emular.

Dicas para se alcançar o English like a native

Mesmo sendo difícil de se alcançar esse nível de compreensão do inglês, vale a pena chegar o mais próximo possível. Por isso, seguem algumas dicas para auxiliá-lo:

Primeiramente, antes de conseguir falar rápido em inglês, é mais fácil ler rápido no idioma Apesar de você, em qualquer idioma, aprender, primeiro a falar, a leitura possui uma curva de aprendizado muito mais rápida. E, também, quando você lê em voz alta, começa a aumenta a qualidade da sua habilidade de falar.

Estabeleça a meta de, ao menos, 10 minutos de leitura, em voz alta, todo dia. Aos poucos, vá lendo cada vez mais rápido. Sua fluência aumentará, gradativamente. Lembre-se de abrir bem a sua boca, para que a clareza seja a maior possível.

Use estruturas de ligação. Elas são ótimas para mostrar que você tem o domínio do idioma. Alguns exemplos são also (também, além disso), for example (por exemplo) e however (contudo, entretanto, todavia). O uso de phrasal verbs também ajuda.

Também vale observar programas de TV e ver como as pessoas falam e se expressam. Isso vi aumentar o seu vocabulário e a sua velocidade de fala.

Dica extra de Inglês

Devemos nos lembrar que mesmo que você não tenha o English like a native, ainda é possível compreender e ser compreendido, quando conversa com um. Portanto, mesmo que ainda não tenha alcançado esse nível, não fuja das conversas. Lembre-se que o princípio da comunicação é passar uma mensagem, não falar, sempre, perfeitamente.

Agora, se você quiser uma ferramenta para treinar o seu inglês com nativos do idioma de língua inglesa, baixe agora mesmo o aplicativo Cambly!!!

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: