Erros em inglês: quais são os mais comuns?

Quem está aprendendo um novo idioma comete equívocos, mas quais são os erros em inglês mais comuns?

Erros gramaticais em inglês são normais para quem está aprendendo a língua. Mesmo estudantes de língua inglesa mais avançados cometem equívocos. Contudo, é preciso buscar evoluir e corrigir os erros tanto gramaticais como de pronúncia para falar inglês como um nativo.

Aprender um novo idioma requer tempo. Para se chegar à fluência, então, pode levar alguns anos de treino. Neste meio tempo, é comum que equívocos aconteçam. No entanto, muitas pessoas sentem vergonha e até medo de se expor ao conversar em uma nova língua.

A solução é treinar exaustivamente. Tanto reading, como writing e speaking são muito importantes para não haver falha de comunicação. Pensando nisso, hoje, focaremos nos erros gramaticais em inglês mais cometidos. Dessa forma, você poderá evitar que pelo menos alguns dos erros em inglês mais comuns aconteçam.

Como evitar os erros em inglês?

Não há uma dica específica para evitar os erros gramaticais em inglês de maneira geral. Contudo, é possível salientar alguns casos comuns para serem evitados no futuro. Em outras palavras, treinar inglês diariamente é a única saída para não errar com frequência.

Se você quer evitar erros gramaticais em inglês, siga essas dicas essenciais:

  • Treine o idioma em fóruns de inglês regularmente;
  • Escreva textos em inglês uma vez por dia, mesmo que curtos;
  • Assista a canais no Youtube em inglês diariamente;
  • Foque em assistir suas principais séries e filmes em inglês, com legenda em inglês;
  • Leia em inglês regularmente, mesmo que necessite da ajuda de um dicionário;
  • Converse em inglês com seu professor nativo Cambly. Com ele, você poderá conversar sem medo de errar e ter seus equívocos destacados durante a aula.

Mas quais são os erros em inglês mais comuns? Como evitá-los?

Há dicas genéricas como as destacadass acima. A maioria delas foca no treinamento do idioma. Entretanto, observando os erros gramaticais em inglês mais comuns é possível evitá-los. Fique ligado (a) na nossa lista e prepare-se para nunca mais errar nos tópicos a seguir!

It’s e Its

Sem apóstrofo, em sua forma Its, exerce a função de possessividade. No exemplo a seguir, é possível perceber o erro:

The spider spun it’s web. Its a very beautiful web”

No exemplo acima, devemos usar its para se referir à aranha, porque a teia é da aranha. Um caso de possessão.

Logo, a frase correta seria:

“The spider spun its web. It’s a very beautiful web”

Could, Should e Would

Could é usado em frases condicionais, expressa possibilidade. Would pode ser utilizado como o passado do auxiliar will para expressar o futuro em frases no passado, para indicar ações habituais no tempo passado ou para indicar intenção ou inclinação para determinada coisa. O should, no entanto, é empregado para expressar uma condição, dever ou como o passado de shall.

There, Their e They’re

A palavra there quer dizer “lá”. Por exemplo, na frase “She will be there” (em português: ela estará lá). Enquanto isso, their é um pronome possessivo usado na terceira pessoa, como na sentença “their pen is red, que significa “a caneta deles é vermelha”. Já they’re é usado no verb to be para expressar “eles/ elas são”.

Concordância verbal

Assim como em português, a concordância verbal também é um dos erros gramaticais em inglês mais cometidos. Contudo, é visto como um erro ainda mais grave do que troca de palavras. Por isso, atente-se para não errar concordância verbal.

Exemplo de erro: The list of books are on the table

Correção da frase: The list of books is on the table

O verbo to be está ligado à lista e não aos livros.

Watch, Look and See

Apesar de parecer bobo, causa confusão em muitas pessoas. Eles são bastante confundidos em seus significados. Para não errar mais, pense neles da seguinte forma:

  • Look – quando se olha diretamente para algo; procurando por algo (pode ser usado como sinônimo para searching);
  • See – quando vemos algo que não necessariamente estamos procurando, que se apresentou visualmente sem a nossa intençaõ de ver;
  • Watch – Ligado ao verbo em português “assistir”, ou seja, algo que está se movendo, que você está observando naquele momento de ação.

Confundir verbos

A confusão com verbos é um dos erros gramaticais mais comuns em inglês. O verbo to be, por exemplo, é muito confundido com stay e have. Cuidado!

Traduzir do português para o inglês

Não traduza palavras e, principalmente, frases do português para o inglês e vice-versa. É um dos erros mais comuns de estudantes de inglês. Muitas palavras em inglês não possuem tradução exata. Além disso, gírias e expressões idiomáticas ficam completamente fora do contexto e de capacidade de compreensão.

Verbos Make e Do

A utilização dos verbos make e do é um dos erros gramaticais em inglês mais comuns. Ambos são ligados ao verbo “fazer” em português, mas são utilizados em contextos diferentes.

Do, na maioria as vezes, é usado quando alguém está praticando uma ação ou dever; enquanto isso, make é empregado para dizer que alguém está produzindo algo.

Quer mais dicas sobre o tema?

Se você quer descobrir outros erros gramaticais em inglês, consulte os professores nativos do Cambly. Na plataforma do curso, você encontra diversos tutores disponíveis a ministrar aulas de acordo com seu tema preferido!

Assim, você, além de poder ter uma aula especial sobre erros gramaticais em inglês, pode marcar encontros para treinar qualquer tema em inglês! Não espere mais e agende agora uma aula sobre seu tópico preferido!

Esperamos que você tenha gostado das dicas de hoje! See you soon, folks!

Leia também: Principais erros de tradução em Inglês

4 comentários em “Erros em inglês: quais são os mais comuns?

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: