Escola bilíngue para crianças: como escolher?

Uma escola bilíngue pode ser o caminho mais rápido para que uma criança aprenda o inglês.

Veja a seguir as vantagens desse tipo de educação e como o Cambly também pode ajudar no aprendizado de crianças.

Muitos pais já que sabem que querem que seus filhos aprendam o inglês como segunda língua consideram colocar as crianças em uma escola bilíngue. Há diversas vantagens em tomar essa decisão, já que, quanto mais cedo uma criança tem contato com um idioma, mais fácil e mais rápido é alcançar fluência no inglês.

Se você tem filhos (ou pretende ter) e pensa em colocá-los em uma escola bilíngue para aprender inglês, leia este artigo para saber o que considerar antes de fazer a matrícula e entender como uma alternativo como Cambly pode ajudar na busca pela fluência no inglês.

Escola Bilíngue: Qual é a melhor idade para começar?

A principal dúvida de pais que querem uma educação bilíngue para os filhos é: quando se pode começar? A resposta, embora pareça óbvia e nada específica, é: quanto mais cedo, melhor!

Aluno de escola bilíngue estudando no computador.

Uma criança pode começar a aprender inglês tão cedo quanto aos 6 meses de vida, porque, a partir dessa idade, indo até os 4 anos, formam-se os circuitos relacionados à aquisição da linguagem no cérebro.

Portanto, aproveitar essa janela de oportunidade ajuda no aprendizado de um novo idioma ao estimular os neurônios e definir conexões e especializações. O contato com um novo idioma nessa importante fase facilita a assimilação.

Aprender inglês cedo permite se comunicar no idioma sem sotaque

Uma educação em escola bilíngue é uma excelente opção para quem deseja que seus filhos falem inglês sem sotaque no futuro.  A chance de conseguir se expressar sem sotaque aumenta porque as estruturas nervosas básicas envolvidas e o aparelho fonador, formado pela boca e a língua, ainda estão sendo formados.

Para completar, as crianças desenvolvem melhor compreensão de sons semelhantes, algo comum no inglês, como em collar (colarinho) e color (cor). Essa capacidade de distinguir os fonemas tende a diminuir com a idade, chegando ao ponto de não conseguirmos diferenciar sons que não fazem parte de nossa língua materna quando adultos.

Idiomas aprendidos na infância dificilmente são esquecidos

Especialistas afirmam que, se o aprendizado da criança for feito de forma adequada, um segundo idioma pode até ficar adormecido, mas não será esquecido. O estímulo dado pelo estudo de uma nova língua pode ter efeitos até a terceira idade, como uma menor incidência de doenças mentais, por exemplo.

Os primeiros anos são a melhor época para ensinar uma segunda língua e é quando é mais fácil incentivar o(a) aluno(a) a mergulhar no estudo, porque há menos resistências. Dessa forma, é mais provável que o uso do inglês se torne algo natural e que o(a) estudante continue aprendendo e utilizando o que sabe pelo resto da vida.

Menina bilíngue lendo no tablet.

Estudar uma segunda língua pode atrapalhar a criança?

Segundo os especialistas, iniciar o estudo de outra língua além da nativa desde cedo não tem impactos no aprendizado “normal” da criança. A troca de uma palavra em português por uma em inglês é sinal de que ela está aprendendo corretamente e que o significado foi internalizado.

O uso dos dois idiomas em uma mesma frase acontece porque o cérebro busca o caminho mais “fácil”, que pode ser alcançado usando uma palavra mais simples em inglês no meio de uma frase em português (e vice-versa). A criança aprenderá o uso adequado e a separar cada idioma com o tempo.

Saiba como o Cambly pode ajudar as crianças bilíngues

Mesmo que seu filho não estude em uma escola bilíngue, seja por causa do valor ou por falta de oferta onde você mora, ele ainda poderá aprender o inglês desde cedo. Aproveitar a disposição que as crianças têm para novos idiomas (incluindo o nativo, nesse caso) é uma ótima ideia.

Expor as crianças a uma segunda língua desde os primeiros anos é o suficiente para estimular o aprendizado. Os incentivos dados pelos pais ou por instrutores externos serão essenciais para isso, e é nessa tarefa que o Cambly pode ajudar.

Contando com uma metodologia super inovadora e intuitiva, essa plataforma de inglês online dispõe de professores nativos de vários países de língua inglesa, para que seu filho aprenda da melhor forma possível: praticando. Eles estão prontos para ajudar cada aluno a treinar a pronúncia e ganhar fluência desde a infância – como numa escola bilíngue, mas com mais flexibilidade.

Crianças bilíngues estudando inglês.

…e também os pais

Como falado acima, uma criança que está aprendendo um novo idioma se beneficiará muito se receber estímulos em casa. No caso de filhos de casais bilíngues – por exemplo, o pai fala português e a mãe, inglês –, isso pode se dar naturalmente, nas conversas e no contato diário com os dois idiomas.

Já pais brasileiros que também falam o inglês terão de se esforçar um pouco mais para fazer parte do aprendizado do(a) filho(a). Eles podem ajudar as crianças nas tarefas, aprender músicas, contar histórias e conversar em inglês, entre outras atividades. Os pais também podem, como os filhos, participar de aulas para relembrar o que estudaram ou se atualizar no idioma, e o Cambly é uma excelente opção para isso.

Já conhecia as vantagens de matricular uma criança em escola bilíngue? Talvez essa questão já tenha passado pela sua cabeça ao planejar a educação de seu(s) filho(s). Se este artigo foi útil de alguma forma, compartilhe com os amigos ou a família. Nosso blog também tem outros textos para ajudar tanto crianças quanto adultos a aprender inglês.

No votes yet.
Please wait...

14 comentários em “Escola bilíngue para crianças: como escolher?

  • 23 de abril de 2019 em 09:54
    Permalink

    bom artigo

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 23 de abril de 2019 em 09:55
    Permalink

    Eu quero em um futuro próximo proporcionar isto ao meu filho!

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 23 de abril de 2019 em 09:59
    Permalink

    👏👏👏

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 23 de abril de 2019 em 10:21
    Permalink

    Minha filha tem um mês de vida.
    Assim que ela estiver em idade escolar, vou matricula-la em uma escola bilingue.
    Obrigado pelas dicas.

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 23 de abril de 2019 em 17:35
    Permalink

    Meu filho saiu agora de uma escola americana para uma brasileira. Reclamou do sotaque e pronúncia dos professores do cursinho, minha salvação foi o Cambly!

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 23 de abril de 2019 em 17:39
    Permalink

    Tive uma professora no Ensino Médio que alfabetizou seu filho em Alemão e Português (ao mesmo tempo). Resultado, ele fala as duas línguas sem sotaque! Achei genial e quero fazer a mesma coisa quando eu tiver filhos.

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 28 de abril de 2019 em 17:25
    Permalink

    País que tiverem oportunidade, por favor não perder tempo. Seus filhos agradecerão.

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 29 de abril de 2019 em 00:26
    Permalink

    As crianças que têm a oportunidade de aprender inglês na infância são muito privilegiadas

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 29 de abril de 2019 em 18:18
    Permalink

    melhor idade para aprender, quem puder tem que colocar desde pequeno

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 29 de abril de 2019 em 20:28
    Permalink

    legal

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 29 de abril de 2019 em 20:29
    Permalink

    Melhor idade para aprender

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 29 de abril de 2019 em 22:21
    Permalink

    Muito legal isso

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 29 de abril de 2019 em 22:39
    Permalink

    É as crianças evoluem

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta
  • 29 de abril de 2019 em 23:49
    Permalink

    Perfeito isso

    No votes yet.
    Please wait...
    Resposta

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: