Intercâmbio na África do Sul | Vantagens

Você sabia que existem muitas vantagens em fazer intercâmbio na África do Sul? Se não, continue conosco e confira todos os benefícios!

Intercâmbio na África do Sul Vantagens com Cambly

Estudar inglês é uma ferramenta essencial no mundo moderno. Em suma, se você não tem conhecimento do idioma, as suas chances no mercado de trabalho diminuem consideravelmente. Entretanto, fazer um intercâmbio pode ser a solução ideal para exercitar a língua inglesa.

De acordo com dados do Ministério de Relações Exteriores, os EUA são o país que possui maior quantidade de estudantes brasileiros. Em sequência, Inglaterra e Canadá são os mais visados. Contudo, há outras opções interessantes para quem quer estudar inglês fora do país. Fazer intercâmbio na África do Sul, por exemplo, é uma ótima pedida.

As razões para estudar inglês na África do Sul são diversas, como, por exemplo, o baixo-custo quando comparado a outros países de língua inglesa. Além disso, o clima do país é bastante favorável a brasileiros. Isso porque, principalmente no verão, possui muitas similaridades com o Brasil.

Por que fazer intercâmbio na África do Sul?

Fazer intercâmbio na África do Sul pode ser uma ótima ideia por conta dos benefícios que citamos acima, além de outros muito interessantes. A desvalorização da moeda em relação ao real, assim como a não necessidade de visto nos primeiros três meses também são fatores a serem levados em consideração.

A seguir, vamos falar um pouquinho sobre todos esses benefícios e alguns outros que prometem uma excelente estada na terra de Nelson Mandela. Continue conosco até o final e prepare suas malas!

Intercâmbio na África do Sul com Cambly

Custo-benefício | Intercâmbio na África do Sul

Aprender inglês na África do Sul é uma ótima pedida para quem quer economizar. Os cursos de inglês locais não são tão caros quanto em outros locais, tornando-se, assim, a opção ideal para quem deseja fazer um bom programa de idioma sem gastar muito.

É claro que procurar uma escola faz diferença, mas, na média geral, é possível achar cursos até dez vezes mais baratos do que em países como EUA e Inglaterra, por exemplo.

Desvalorização da moeda em relação ao real

Uma das coisas que explica o custo mais baixo dos cursos de inglês na África do Sul é justamente a desvalorização da moeda em relação ao real. Se em relação ao euro e ao dólar, o real é inacreditavelmente inferior, quando falamos no rand sul-africano (moeda do país), nossa moeda vale três vezes mais (atualmente).

Levando isso em consideração, o custo de vida no país para brasileiros é baixo. O maior investimento na viagem é com transporte, pois, durante o intercâmbio na África do Sul, os gastos do cotidiano são menores inclusive do que no Brasil.

Alimentação, transporte e lazer

Ainda seguindo a linha do custo-benefício, por conta da desvalorização do rand sul-africano em relação ao real, gastos com alimentação, transporte e lazer são acessíveis. É possível comer, beber e se locomover no país com “poucos” reais no bolso.

Clima do país semelhante ao Brasil

Outro fator importante para contribuir na decisão de fazer intercâmbio na África do Sul é o clima. Principalmente no verão, o clima do país se assemelha bastante ao do Brasil, proporcionando aos estudantes brasileiros uma sensação de pertencimento.

Além disso, a adaptação se torna bem mais fácil, já que o frio excessivo é um desafio para brasileiros em alguns lugares do mundo, como Inglaterra, Canadá e EUA. Inclusive, há diversidade de biomas e praias, o que traz mais semelhanças ao nosso país canarinho.

Intercâmbio na África do Sul

A possibilidade de fazer safaris

Fazer safaris e conhecer os animais dos biomas africanos também encontram-se na lista de vantagens de fazer intercâmbio na África do Sul. Muita gente tem o sonho de ver leões, elefantes, zebras, leopardos, búfalos e girafas em seu habitat natura.

Em três meses de intercâmbio na África do Sul é possível fazer safaris incríveis e estar perto de animais selvagens que fazem parte do imaginário de todos. Imagine só você a alguns metros de um leão? Ou então acompanhar a caçada de um leopardo?

Não há necessidade visto

Fazer intercâmbio na África do Sul também é interessante por conta da ausência de burocracia. Uma viagem estudantil de três meses, por exemplo, não necessita de visto, o que torna os trâmites muito mais tranquilos.

Existem diversas opções de cursos de quatro, seis e oito semanas, o que é mais do que suficiente para aprender inglês no país sem necessidade de visto.

Fauna e flora africana

As paisagens na África do Sul são incríveis. Na parte ocidental, por exemplo, as áreas são repletas de desertos, savanas e pastagens. Enquanto isso, mais ao sul, ficam as Cordilheiras do Karoo. Já no Leste do país, há uma imensa cadeia de montanhas, a maior da África Meridional, chamada Drakensberg. Durante o inverno, é o possível observar neve no topo das montanhas, o que torna a paisagem ainda mais espetacular.

Assim como no Brasil, há uma variedade imensa de biomas e paisagens. Fazer intercâmbio na África do Sul é muito mais do que uma experiência linguística.

cultura Intercâmbio na África do Sul Vantagens com Cambly

Cultura africana

Para quem deseja conhecer outros países também pela cultura, a África do Sul talvez seja o país mais interessante para fazer intercâmbio. A diversidade de costumes, tradições e religiões é imensa. A culinária local, assim como a música também trazem muita curiosidade e misticismo ao país.

Quer fazer intercâmbio na África do Sul? Consulte um de nossos professores nativos sobre o país!

Se você ficou com vontade de fazer intercâmbio na África do Sul, faça uma aula sobre o país com um dos professores nativos do Cambly. Escolha um instrutor local, converse sobre em inglês sobre as principais vantagens e descubra outras curiosidades sobre a terra do Mandela!

Gostou do artigo de hoje? Esperamos que sim! Não esqueça de deixar o seu comentário. See ya, folks!

Leia também:Intercâmbio na África do Sul: 5 melhores cidades

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: