Intercâmbio nos Estados Unidos

Quando procuramos por opções para aperfeiçoar nosso inglês, um intercâmbio nos Estados Unidos sempre desponta como uma das melhores alternativas.

Isso acontece por estarmos mais habituados ao sotaque americano. Pode ser que tenhamos mais contato com ele nas escolas. Mas, sem dúvidas, é o que mais nos influencia, através da cultura pop.

Mas, antes de empreender nessa jornada, é necessário conhecer algumas coisas. Veja abaixo o que você precisa saber para que o seu intercâmbio nos Estados Unidos seja o mais proveitoso possível.

Por que fazer Intercâmbio nos Estados Unidos?

intercambio_nos_estados_unidos_com_cambly

Como dissemos, o sotaque americano – ou os sotaques, já que esses são vários. – é o mais influente do mundo. Suas habilidades de comunicação vão melhorar muito após passar um tempo em um ambiente de imersão que só pode vir de um intercâmbio.

Além disso, colocar que você fez um intercambio nos Estados Unidos é um ótimo acréscimo a qualquer currículo.

Que cuidados devo ter para planejar Intercâmbio nos Estados Unidos?

O primeiro de todos é ter um bom planejamento financeiro. Isso porque o território americano varia bastante em perfil socioeconômico e oportunidade de cursos.

Nova York e outras metrópoles tendem a ser mais caras. Em contrapartida, oferecem uma extensa gama de festivais, shows, museus e instituições de ensino, como a Columbia University. Se você busca opções mais baratas, cidades do interior, podem seu uma boa opção de intercâmbio nos Estados Unidos.

Além disso, é importante calcular quanto tempo pretende investir no seu intercâmbio. Isso impactará, diretamente, em seu orçamento.

Tendo isso em mente, é possível escolher a cidade e o curso. Em todo caso, é preferível esperar um pouco mais pra fazer seu intercâmbio nos Estados Unidos, que fazê-lo sem planejamento nenhum.

 

intercambio_nos_estados_unidos_com_cambly_brasil

 

Quais são as opções de Intercâmbio nos Estados Unidos?

Depois de fazer o seu planejamento financeiro preliminar, você pode escolher qual o tipo de curso deseja fazer nos EUA. As opções são várias: desde uma escola de idiomas até uma graduação. Existem cursos para formações específicas e também formações específicas para proficiência, como o TOEFL, em um ambiente de imersão.

Esse é, sem dúvida nenhuma, o passo mais importante quando pretendemos fazer um intercâmbio nos Estados Unidos. Você deve ter, bem claro, quais são os seus objetivos quando empreende uma jornada dessas. Pois, sem foco, será um desperdício de seu tempo e de seu dinheiro.

Os caminhos que um aluno, que busca um intercâmbio nos Estados Unidos, pode tomar são:

·      Cursos em instituições de educação superior

Muitas universidades focam em cursos de idiomas. Harvard, a mais famosa, possui programas que duram até um semestre, com foco em conversação. Discussões focam-se em temas atuais e você precisa, também entregar artigos, desde o início do seu curso.

Aqui a vantagem é que você encontrará alunos do mundo todo, entrando em contato com diversas culturas e sotaques. Além de obter um diploma reconhecido no mundo todo. A desvantagem é a pouca oferta de cursos que cubram a gramática. E, não importa que cursos escolha: todos tendem a ser bem caros.

·      Cursos em escolas específicas para idiomas

Normalmente, são cursos curtos, nos quais o professor segue o roteiro de um livro-texto. Neles são pedidas tarefas de casa e os alunos passam por um exame final, para obter a nota e, consequentemente, seu diploma.

A vantagem é que são cursos curtos e baratos, que cobrem um conteúdo específico. Isso sem abrir mão de um conteúdo gramatical extenso. Também existem muitas opções de cursos. Entretanto, deve escolher um curso com a qualidade mínima para fazer valer seu intercâmbio nos Estados Unidos. É bom conversar com ex-alunos antes.

·      Turismo idiomático

Esta é uma modalidade que vem ficando cada vez mais popular. Ela consiste e m realizar um curso e utilizar as habilidades aprendidas nele para aumentar um vocabulário específico.

A vantagem é poder aliar um interesse ao ensino do idioma. Esse tipo de modalidade é mais indicada para aqueles que já possuem, no mínimo, o nível intermediário, visto que o foco do curso não será o idioma. Também não se aprenderá muita gramática.

·      Cursos ministrados em escolas preparatórias

São os mais indicados quando se fuca fazer exames como IELTS ou TOEFL, proporcionando cursos, específicos para o exame. São essenciais quando se quer fazer um curso de graduação ou pós no exterior. Esses cursos podem ser ministrados tanto em escolas de idiomas quanto em universidades.

Aqui é possível encontrar pessoas do mundo inteiro, com os mesmos objetivos que você. Entretanto, os cursos podem ser um pouco repetitivos, apesar da curta duração, visto que o enfoque será em exames específicos.

 

estudantes_de_intercambio_nos_estados_unidos

 

Qual é o Custo de um Intercâmbio nos Estados Unidos?

Como dissemos, um intercâmbio nos Estados Unidos exige um certo planejamento financeiro. Tendo escolhido o tipo de curso que pretende fazer e o tipo de instituição em que pretende cursar, você deve procurar o pacote que mais lhe interessa em agências especializadas.

Um mês em cidade mais cosmopolitas como San Francisco ou Nova York gira, em média, em R$ 9 mil. Isso sem contar despesas de transporte e manutenção. Sua conta deve incluir despesas básicas como alimentação, mas não deve descuidar de cuidados médicos e opções de lazer.

Também é possível estudar e trabalhar durante seu intercâmbio nos Estados Unidos. O nome não poderia ser mais explicativo: Work and Travel. Entretanto, existem algumas exigências para se aplicar a um programa assim. Seu inglês deve ser, no mínimo,  intermediário, já que o ambiente profissional será mais duro que uma escola tradicional.

Falando em escola, alguns lugares exigem que você esteja matriculado em algum curso superior, no país de origem, ao optar por essa modalidade. Isso para que exista uma garantia de que o estudante não tente permanecer, de forma ilegal nos Estados Unidos.

Muitos optam, também pela modalidade de au pair. Ela consiste em ficar por, pelo menos um ano, hospedado em uma casa de família, nos Estados Unidos, trabalhando como babá.

Os vencimentos são semanais e você consegue estudar durante esse período. Entretanto, isso exige um pouco mais de atenção, visto que segue uma legislação própria. Entre as regras, está o limite de jornada de 45 horas por semana e a presença de folgas regulares comprovadas.

Planejamento é o segredo para realizar um bom intercâmbio

Como vimos, as opções são variadas. E cada uma delas exige um tipo de planejamento particular. Por isso, já é bom separar um tempo no seu calendário, que vai variar de 1 a 12 meses. E, logicamente, o valor que esse tempo vai demandar.

No entanto, se bem planejado, um intercâmbio nos Estados unidos revela-se uma experiência gratificante e recompensadora. Por isso, antes de tomar qualquer decisão, pesquise e planeje bastante todos os aspectos e opções de intercâmbio.

Para ir melhorando o seu inglês enquanto planeja seu intercâmbio em um país estrangeiro, confira toda a praticidade e eficiência que o aplicativo Cambly proporciona aos estudantes.

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: