Mitos e verdades sobre aprender inglês

Você sabia que existem muitos mitos que desmotivam aprender um segundo idioma? Veja a seguir quais são as verdades e as mentiras mais comuns!

mitos e verdades_aprenda de fato com o cambly

Mitos e verdades são comuns em torno de qualquer assunto polêmico. No entanto, algumas “lendas urbanas” podem prejudicar o aprendizado de um segundo idioma, como o inglês, por exemplo. Por isso, é preciso estar atento (a) ao que realmente faz sentido e o que é mentira.

É preciso ter ciência de que dominar a língua inglesa é uma tarefa complicada no início. Isso acontece com qualquer matéria ou assunto que não dominamos. Contudo, com um pouquinho de prática e perseverança é possível chegar lá. Portanto, não se assuste com tudo o que falam por aí!

Abaixo, iremos destacar alguns mitos e verdades sobre aprender inglês. Dessa forma, você poderá trabalhar o que é real e descartar as mentiras que incomodam. Lembre-se: o aprendizado depende de você e da sua dedicação. Está mais do que provado que qualquer um pode aprender inglês! Confira a seguir:

mitos e verdades_fale ingles com o cambly

Mitos e verdades para se tornar fluente em inglês mais rápido

Antes de começar a aprender inglês, é preciso estar atento(a) aos mitos e verdades. Há muitas coisas disseminadas, principalmente na internet, que dificultam o aprendizado. Busque focar somente no exercício do idioma e esqueça dicas negativas que causam insegurança.

Naturalmente, nos dias de hoje, há muitas informações desencontradas a respeito do tema. Isso acontece porque com a globalização do idioma na internet, cada vez mais gente se interessa em falar inglês. No entanto, isso pode causar alguma confusão.

Levando isso em consideração, separamos abaixo alguns mitos e verdades sobre aprender inglês para lhe ajudar a superar qualquer insegurança. Continue conosco até o final, leia o artigo com a mente aberta e prepare-se para iniciar ou retomar os estudos em sequência!

mitos e verdades_aprenda ingles no cambly

É melhor estudar todos os dias do que fazer um intensivo

Verdade. Fazer um intensivo em inglês pode ser uma alternativa interessante, mas exercitar o idioma no dia a dia sempre será melhor. De acordo com especialistas, a constância é um fator muito importante para alcançar a fluência. Portanto, busque sempre estimular o aprendizado estudando inglês todos os dias.

Lembre-se: é claro que um intensivo pontual ajuda (e muito), mas nada adianta se você não continuar exercitando.

Para se tornar fluente é preciso fazer intercâmbio ou morar fora

Mito! Há vários casos de pessoas proficientes no idioma e que nunca viajaram ao exterior. Da mesma forma, muitos que viajaram para fora do país e até quem já morou por meses ou anos fora não conseguiram se tornar fluentes. Não é preciso sair do Brasil para prender inglês. Sabe o que é realmente necessário? Treinar!

É claro que em outro país, o contato com a língua inglesa acaba sendo quase que obrigatório, no entanto, hoje é possível ter esse contato também no Brasil. Por conta da globalização, dos cursos online, dos fóruns e dos canais no Youtube, é possível aprender inglês durante o dia inteiro.

Pessoas fluentes em inglês tem dificuldades com o idioma

Verdade. Se você acha que se tornar fluente é entender o inglês perfeitamente, você está enganado (a). Portanto, caso seu nível seja iniciante ou intermediário e você tem dificuldades, entenda que isso é completamente normal. Inclusive, quem fala inglês há muito tempo e já é fluente também passa por muitos apuros.

É preciso levar em consideração que questões culturais, gírias e sotaques influenciam muito. Por isso, quem é fluente em inglês também costuma ter dúvidas em diversos momentos. Não se assuste, utilize palavras que conhece para sair da situação e bola para frente!

É preciso perder o sotaque para falar inglês fluente

Mito! Talvez esse seja um dos maiores mitos ao aprender inglês. Seja nos EUA ou na Inglaterra, por exemplo, a variedade de sotaques é enorme. No país britânico, por exemplo, os sotaques mudam a cada 50km! Isso impede que eles se comuniquem em inglês? Jamais!

Aqui no Brasil você já deve ter ouvido diversos “gringos” falando português. A grande maioria tem o sotaque bastante carregado, contudo, entendemos completamente o que é falado.

A maioria dos brasileiros que fala inglês consegue ser perfeitamente compreendida, talvez mais do que conseguimos entender os estrangeiros que tentam falar português em nosso país. Portanto, reduzir o sotaque é importante, sim, mas não é nada essencial.

Leia também: Accent reduction | Redução de sotaque em inglês

Para ser fluente em inglês, é preciso saber gramática

Mito! Saber gramática é importante em qualquer idioma. No entanto, o que define se você sabe ou não falar inglês é a conversação, a leitura e a escrita. O primeiro passo para aprender inglês é sempre a prática, apesar de a teoria também ter o seu valor.

Aprender o Present Perfect, Simple Past, Passive voice, etc., vai te ajudar a saber sobre o idioma, mas não a usá-la de maneira natural. Caso você se preocupe com tantas regras, na hora de conversar, você vai pensar mais nisso do que na conversação em si. E, no final, acaba não dizendo nada. Trazendo para o nosso português, o que você aprendeu primeiro: a falar e compreender ou o que era sujeito, predicado, verbo no presente, no passado, entre outros?

mitos e verdades sobre ingles_aprenda no cambly

Quer desmistificar mais mitos sobre inglês?

Mitos e verdades para aprender inglês foi o nosso tema de hoje. Esperamos que você tenha gostado do assunto e que tudo que foi dito sirva de estímulo para evoluir o seu nível no idioma.

Se você quiser desmistificar mais mitos sobre inglês, não se esqueça de pedir uma aula específica sobre o tema com um de nossos professores nativos.

Deixe o seu comentário e até a próxima!

See you soon, folks!

Leia também: Os Principais Desafios na Hora de se Aprender Inglês

 

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: