O aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil

O ensino e o aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil é fundamental para que a criança consiga a aquisição de uma língua estrangeira de forma natural e tranquila, assim como se fosse sua própria língua materna.

A aquisição de uma língua estrangeira, como o inglês, hoje em dia é fundamental para o mercado de trabalho. Como também, para as relações interpessoais e, até mesmo, para a quebra de barreiras culturais e linguísticas.

Por isso, trabalhar o ensino de inglês nas fases do desenvolvimento infantil é tão importante para expansão do universo da criança. Isso porque, assim, ela consegue expandir os seus limites com mais facilidade e se desenvolver mais rápido.

Portanto, no post de hoje, falaremos sobre como cada o aprendizado do inglês pode ser aplicado em cada uma das fases do desenvolvimento infantil. Confira!

cambly-Aprendizado-da-crianca-desenvolvimento–Fase-Oral-0–1ano

O aprendizado do inglês entre a fase oral e a fase anal

Entre 0 e 3 anos de idade, o cérebro da criança está em pleno desenvolvimentos para aquisição de uma nova língua. Nesse período biológico, o cérebro estará criando ligações entre os neurônios e isso ajuda na compreensão do mundo.

Por isso, os recém-nascidos são extremamente curiosos e querem ficar de olho em tudo. Então, nessa fase, a criança também começa a balbuciar as suas primeiras palavras.

E, como atividade fundamental para que as crianças possam aprender o inglês, é essencial a inserção da língua estrangeira no cotidiano da criança pouco a pouco. Isso pode ser feito através de:

  • Cumprimentos
  • Se referir aos familiares
  • Cantar músicas
  • Etc

Essas atividades podem ajudar de maneira muito eficiente no aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil. Também se faz necessário a apresentação de músicas, histórias e brincadeiras que estimulem as crianças a incorporar a língua inglesa no seu dia a dia.

O aprendizado de inglês nas fases do desenvolvimento infantil: o ensino bilíngue

Lembrando que existe também a possibilidade de se iniciar um ensino bilíngue na fase oral e anal. Nesse caso, as crianças falam tanto sua língua nativa como a língua estrangeira. Essas crianças tendem a não anular as línguas.

Então, se a língua nativa dela é o português ,essa criança deverá ser estimulada também em português para que possa falar o português de maneira satisfatória ao mesmo tempo em que também é estimulado na língua inglesa.

Quando uma criança fala sua língua nativa bem, ela vai também desenvolver muito bem a língua estrangeira. Uma língua não anula a existência da outra, mas sim, completam o segundo aprendizado.

Portanto, o investimento feito na língua inglesa também deve ser feito na língua nativa. Isso porque é na língua nativa que a criança vai buscar o afeto. Então, se a criança cai ou se machuca, vai ser na língua nativa que ela vai procurar por ajuda. Sendo assim, devemos observar também essas nuances do bilinguismo.

O aprendizado de inglês entre a fase fálica e a fase de latência

Entre os 3 e 12 anos, a criança já aprendeu a falar. Então, nesse momento, ela fica muito mais curiosa e, assim, começa a fase dos “porquês”. Dessa forma, a criança sempre quer entender tudo que está em sua volta e o que é apresentado a ela.

Mais uma vez aqui, o aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil é colocado como parte de um ensino que não se dedica a ensinar para a criança verbos e pronomes e as regras gramaticais.

O aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil tem que ser encarado como uma grande brincadeira. Contudo, uma brincadeira extremante sério, apesar de não poder deixar isso transparecer aos pequeninos. Ou seja, a criança precisa ser encarada de maneira lúdica para que consiga compreender o inglês de forma natural.

Portanto, sempre se deve considerar que uma brincadeira com um tom de seriedade vai além do campo lúdico. Desse jeito, essa brincadeira acaba sendo prazerosa e direcionada à proposta de aquisição de uma nova língua.

O aprendizado de inglês na fase genital

Como é um momento de transição da adolescência para a fase adulta, aqui a capacidade de raciocinar de maneira intuitiva e a criação de hipóteses aparece. Então, aqui a introdução das regras gramaticais se torna uma ideia mais palpável.

Nesse momento, os jovens também são capazes de entender um pensamento mais amplo e, até mesmo, um pensamento filosófico. Isso porque o entendimento da sociedade e das coisas que o cercam será bem mais amplo. Sendo assim, esse ponto é ideal para inserção de conteúdos da cultura da língua inglesa mais complexos.

estudar ingles com a familia cambly

Como realmente funciona o aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil?

Na infância, aquisição de uma língua estrangeira se dá de maneira natural. Sendo assim, é como se a criança estivesse aprendendo a língua materna. Portanto, ela acaba por assimilar e a estruturar o pensamento para compreender o que está sendo dito a ela.

A criança ira aprender de forma rápida e natural se for estimulada desde bebê a fazer assimilações. Pense em como aprendemos a falar: os adultos estão sempre estimulando nossa fala quando bebês. Assim, acontece a aquisição de uma segunda língua na infância.

Existem também outros motivos para ensinar e fomentar o aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil. Algumas delas, são:

  • Repetição
  • Imitação
  • Escuta
  • Compreensão
  • Sem regras gramaticais

Repetição

Nas fases do desenvolvimento infantil, a criança estará mais propícia a fazer essas ações de maneira natural sem gerar conflitos entre a língua nativa e a segunda língua. Quando estamos aprendendo a falar ou até mesmo antes disso, as repetições dos nomes de objetos ou até mesmo a nomeação de familiares é feita de forma exaustiva para a criança repetir.

Imitação

Entrando assim na questão da imitação, onde a criança funciona como um mimico, imitando todas as nossas falas. Então, esse também é mais um dos motivos para adicionar termos em inglês na vida dos pequeninos. Inclusive, isso ajuda na fluência e também numa conversação mais limpa no futuro, sem muito sotaque.

Escuta

A escuta é quando uma criança que está aprendendo a falar absorve o que ouve. Ou seja, é uma ação natural, onde a aquisição de uma língua perpassa pelas ações de escutar, falar e, por último, e não menos importante, a ação de escrever. Todos esses fatores estão ligados à escuta.

Compreensão

A compreensão entra no sentido de que uma tradução não se faz necessário no processo de aquisição da fala da língua nativa. Sendo assim, ela também não se faz necessária no processo de compreensão de uma linguagem. Portanto, estimular o inglês nas crianças desde cedo, vai ajudar no processo de compreensão da linguagem.

Sem regras gramaticais

Outra coisa muito importante é a paciência para introduzir as regras gramaticais. Isso porque as crianças se comunicam de forma simples, sem saber o que é verbo ou substantivo. Elas simplesmente falam e isso já é o suficiente.

Sendo assim, podemos dizer que as crianças aprendem de forma natural uma segunda língua sem a exigência de regras. Contudo, é preciso muito estímulo externo para que esse aprendizado ocorra de forma simples e gradual.

E é nossa responsabilidade quanto adultos de entender a criança e perceber sua evolução para que não ocorram atropelos. Então, não podemos fazer om que o ensino não seja traumático e acabe afastando a criança dessa segunda língua.

100_palavras_em_ingles_cambly_kids

Os benefícios do aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil

As crianças que tem a oportunidade crescer em um ambiente que se fale duas línguas, seja esse ambiente familiar ou até mesmo escolar, vai conseguir obter uma visão diferenciada do mundo. Isso porque ela aprende que tudo pode ter dois ou mais nomes, tornando ela mais flexível ao se relacionar com as outras crianças.

Sua capacidade de pensar também aumenta de forma exponencial, pois ela adquiri uma capacidade maior de solucionar problemas e também uma facilidade no processo de aprendizagem de outras matérias, tornando muito mais fluida a absorção de informação.

Então, aqui percebemos que pessoas que exercitam a aquisição de mais uma língua têm mais facilidade no que diz respeito à compreensão maior de conteúdos.

O bilinguismo também pode dar para a criança ou jovem outros sentimentos, tais, como:

  • Pertencimento
  • Confiança

Pertencimento

O sentimento de pertencimento se dá pelo fato de que hoje a língua que domina mercado de trabalho e o mundo é a língua inglesa. A grande maioria dos dispositivos se não tem adaptações para a língua nativa vai estar em inglês.

Então, o inglês é a língua das comunicações globais e da tecnologia. Então, saber se comunicar em inglês é fundamental para que as pessoas possam viajar para outras partes do mundo. Pois com certeza alguém vai saber falar inglês.

Outra informação interessante para que o inglês seja uma língua muito importante para se aprender é a questão dos conteúdos e informações que estão na internet. Estima-se que mais de cinquenta por cento (50%) das informações na rede estão em inglês.

Confiança

O bilinguismo pode ser transformador na vida das pessoas, já que ele pode abrir portas de empregos. Sendo assim, você pode fazer viagens sem medo do fantasma da comunicação. Então, ele ajuda e muito na sua autoconfiança.

Podendo ser assim um diferencial para conquistar alguns postos de trabalho ou até mesmo relacionamentos com advento da internet. As fronteiras de tempo e espaço que nos separam podem ser quebradas e, quem sabe, com essa visão macro do mundo você pode buscar aventuras em qualquer lugar do mundo.

cambly kids
cambly kids dá dicas de como incentivar seu filho a falar inglês desde cedo.

O aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil: considerações finais

Após vermos todas as vantagens dos estímulos do aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil, podemos considerar que é de grande importância o investimento tanto para a criança quanto para o adulto o aprendizado do inglês.

Porque quanto mais cedo a criança entrar em contato com outra língua, mais fácil vai se tornar o seu aprendizado. É mais fácil o inglês ser assimilado e utilizado pela criança. Assim, também se vai estimular a capacidade da criança de se desenvolver física e mentalmente, facilitando a sua aprendizagem e o seu relacionamento com o mundo.

Para que a criança possa ter essa oportunidade e facilidade para adquirir uma outra língua, faz-se necessário adultos atentos e proativos dispostos junto da escola, estimularem os pensamentos das crianças.

Por isso, também se faz necessário que adulto apreenda o inglês para que ele também possa ajudar nessa caminhada para o bilinguismo. Que pode ser um caminho cheio de altos e baixos, mas que o final pode ser muito gratificante para o futuro da criança.

Pode ser que nesse período não se atinja um inglês fluente. Contudo, pelo menos um inglês que ajude no preparo de atividades caseiras que vão ajudar a criança a se desenvolver. Isso porque a língua nativa também é muito importante na aquisição de outras línguas.

A participação dos adultos é tão importante, porque a criança vai aprender com um adulto que se interessa por ela, com um adulto que cuida dela, com um adulto que encanta ela. Então, o afeto não pode ser colocado em segundo plano no que diz respeito ao ensino.

6 comentários em “O aprendizado do inglês nas fases do desenvolvimento infantil

  • 10 de maio de 2021 em 13:25
    Permalink

    Muito importante e bom desenvolver um segunda língua na infância 😃 quem tive essa oportunidade não deixe passar 👍🏻

    Resposta
  • 17 de maio de 2021 em 20:56
    Permalink

    Realmente muito bom

    Resposta
  • 20 de maio de 2021 em 09:24
    Permalink

    Muito importante!

    Resposta

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: