Pontuação em Inglês: dicas, regras e curiosidades

Confira aqui, tudo que você precisa saber sobre pontuação em inglês e acabe de vez, com suas dúvidas!

Pontuação em inglês é um assunto delicado. Sabemos que seu emprego incorreto pode mudar o sentido da frase. Por isso, mesmo que, infelizmente, na maioria das vezes as pessoas não dão a devida à atenção a esse aspecto da língua, ele é muito importante.

Isso porque quando estamos falando de língua inglesa, esse assunto adquire um novo aspecto. Pois não estamos falando só com pessoas em outro idioma, mas, também, estamos falando de outra cultura, de um universo diferente com outras e/ou novas regras.

Em português, caso cometamos alguma gafe com a pontuação, temos uma facilidade um pouco maior em nos fazer entender, utilizando-se de contexto ou explicações. Essas estratégias são um pouco mais difíceis de serem implementadas em outros idiomas.

Por isso, hoje falaremos um pouco mais sobre pontuação em inglês. Suas particularidades e regras. Além de várias dicas que o ajudarão a não errar mais e garantir uma comunicação mais efetiva no idioma.

pontuação em inglês

 

A nomenclatura das principais pontuações em inglês

Primeiramente, devemos saber os nomes dos diversos sinais de pontuação presentes no idioma inglês. O primeiro e mais comum, na pontuação em inglês, é o ponto final, chamado de dot.

A vírgula é chamada de comma, igual ao sinal utilizado em partituras musicais. Quando nos referimos ao ponto-e-vírgula, falamos semi-colon (também escrito semi colon ou semicolon). O ponto-e-vírgula, assim como no português, não é muito utilizado na pontuação em inglês.

Quando vamos citar alguém, sempre utilizamos dois sinais, as quotation marks (aspas) e o colon (:), também utilizado quando vamos enumerar uma sequência de itens.

Quando queremos mudar o sentido da frase, podemos utilizar a question mark (ponto de interrogação). Ou a exclamation mark (ponto de exclamação). Nesses casos, a pontuação em inglês não é muito diferente do português.

Uma pontuação em inglês muito interessante, que poucos dão atenção é o tittle. Ela é equivalente ao nosso pingo, presente tanto nos is, quanto nos js.

Algumas pontuações presentes no português não encontramos no inglês, como é o caso dos acentos, que são considerados como pontuações também. Dessa forma, mesmo a acentuação estando muito presente em idiomas latinos e eslavos, ela é completamente ausente no inglês e outros idiomas germânicos.

Regras básicas da pontuação em inglês

Agora vamos para algumas regras mais específicas sobre a pontuação no inglês:

  • Dot

O dot também pode ser chamado de full stop, no Reino Unido ou period nos Estados Unidos. Seu uso é semelhante ao ponto final em português, exceto nos casos de abreviações e uso em números que abordaremos na seção de curiosidades.

  • Comma

No caso da vírgula (comma), a regra é que se evite seu uso. A não ser, claro, que o sentido seja modificado, caso estas não sejam empregadas. Elas podem ser utilizadas para separar orações, substantivos e adjetivos. Porém, quando um adjetivo modifica outro, ela não deve ser empregada.

O uso da vírgula também é comum nos apostos, quando uma oração depende da outra e modificaria o sentido ou complementaria a oração principal quando inserida ou retirada.

Um último uso da vírgula é quando inserimos uma pergunta no final de uma frase afirmativa.

Essa é uma particularidade do idioma, visto que, em português, geralmente, utilizamos frases separadas por pontos.

  • Question mark and exclamation mark

As regras para uso de pontos de exclamação ou interrogação são muito semelhantes nas pontuações em inglês e português. A diferença na pontuação em inglês é a possibilidade do emprego de pontos de interrogação no meio da frase, no caso de frases com uma ideia central mais complexa.

  • Colon

No caso dos dois pontos, além de ampliar a oração e apresentar uma lista, logo após seu uso, também tem um uso exclusivo da pontuação em inglês. Eles são usados para separar as horas dos minutos. Em português, o correto seria utilizar-se de uma letra h minúscula.

  • Quotation marks

Assim como no português, as aspas são usadas, na pontuação em inglês, para destacar expressões populares em escritas formais ou citações de outras pessoas em uma fala sua. As regras para aspas simples e aspas duplas são iguais, tanto para a pontuação em português, quanto para a pontuação em inglês.

Em português, em textos digitados, existe uma tendência a substituir as aspas pela orientação itálica.

  • Apostrophe

O apóstrofo (apostrophe, em inglês) é muito mais utilizado na pontuação em inglês que em nosso idioma. Seu uso, também, é muito distinto que em português. Ele pode ser usado em contrações de palavras como will, not e am.

Ele, também, quando queremos indicar que um sujeito possui algo. Nesses casos, utilizamos um apóstrofo seguido de um s. Essas frases devem ser lidas com muita atenção, pois são de difícil compreensão para falantes de português. Sua tradução também se prova difícil.

  • Brackets and parentheses

Sinais também usados, também, de forma semelhante no idioma inglês são os colchetes (brackets ou square brackets) e os parenteses (parentheses ou round brackets).

Os colchetes são mais comumente empregados em textos técnicos, para indicar alguma observação pertinente.

No caso dos parênteses, seu uso, assim como no português é o de destacar uma parte da frase, assim como no uso das vírgulas. Por essa mesma razão, muitos estudiosos da língua inglesa afirmam que é possível fazer essa substituição em qualquer frase. Mas, muitos continuam usando os parênteses para chamar atenção àquele fragmento de ideia.

  • Ampersand

O ampersand (&) é utilizado para indicar dois elementos que atuaram juntos em algum processo. Como, por exemplo, um trabalho escrito por dois colegas. Caso eles tenham trabalhado em momentos separados, deve-se usar o and (e).

  • Others examples

Também podemos citar o dash (-), os braces ({}), o underscore (_) o backslash (\) e o foward slash (/) como sinais de pontuação. Em todos esses casos, seus usos são iguais nas pontuações em inglês e em português, visto que seus usos são bem específicos.

Dicas para uma pontuação em inglês mais efetiva

A principal dica é a prática, sem dúvida nenhuma. Nada substitui a prática. Mas, se pretende-se alcançar o uso correto da pontuação em inglês, esse conteúdo deve ser um pouco mais direcionado.

Nesses casos, deve-se recorrer a conteúdos mais acadêmicos ou técnicos, evitando-se os mais populares. As razões são óbvias. Assim como fazemos com o português, a pontuação em inglês sofre alterações de seu meio.

É óbvio que não devemos tratar o idioma como uma coisa imutável, dentro de uma redoma. Entretanto, devemos, primeiramente, ter um bom conhecimento da norma culta da língua inglesa. Isso nos ajudará, inclusive, a compreender a linguagem popular. Todavia, o inverso não ocorre.

O aprendizado da pontuação em inglês passa não somente pela leitura. Mas, também, pela escrita intensa. Como dissemos, a prática é fundamental para o bom aprendizado de um idioma.

Curiosidades acerca da pontuação em inglês

Uma curiosidade que devemos destacar é quanto à pontuação utilizada para separar os milhares. Por exemplo, quando utilizamos essa separação, em português, usamos o ponto final. Por exemplo: 1.500. Já, em inglês, o correto é escrever: 1,500. Essa inversão também vale para casas decimais.

Ainda falando do ponto temos o seu uso em abreviações. O ponto final, geralmente, não é utilizado no inglês britânico, escrevendo-se apenas as letras. Já nos EUA, assim como aqui, ele é muito usado. No entanto, ambas as formas podem ser consideradas corretas. Nesses casos, o mais indicado é a utilização de um dicionário de abreviações e siglas.

Outra peculiaridade é quanto ao uso do semicolon. Como dissemos anteriormente, ele, assim como no português, não é muito usado. No entanto, diferentemente de nosso idioma, ele é utilizado antes de advérbios, quando estes separam frases. Aqui, comumente, utilizamos vírgulas para esse fim.

Outra curiosidade é possibilidade da substituição da vírgula em algumas situações, como a enumeração. Quando estamos citando uma lista, podemos substituir o comma (,) pelo and (e). Em português isso não só seria errado, como soaria, até mesmo estranho a quem ouve. Em inglês isso é a inda mais comum que o uso da vírgula.

Ainda falando da vírgula, a última vírgula de uma lista é chamada, comumente, de Oxford Comma.

Cuidados que devemos ter com a pontuação em inglês

Como dissemos anteriormente, não devemos nos esquecer que estamos tratando de outro idioma. Estamos, constantemente, em contato com pessoas de culturas muito variadas e que, por vezes, não possuem o inglês como língua materna.

Por isso mesmo, devemos tomar cuidado ao redigir uma frase. Pois a pontuação incorreta poderá alterar seu significado. Dependendo de seu interlocutor, isso pode causar um grande desconforto.

Por exemplo, como citado no item anterior, em se tratando de milhares e números decimais. A diferença é que um número seria 1000 vezes maior que o outro por um simples erro de pontuação.

Logicamente, que um erro absurdo desse seria notado e, rapidamente, corrigido. Mas erros mais sutis, como o esquecimento de uma vírgula numa enumeração ou de uma quotation mark numa citação podem modificar o sentido da frase.

Outro erro que pode causar um certo desconforto é esquecer-se de utilizar o ponto de interrogação em uma pergunta. A frase resultante ficará algo entre uma pergunta e uma ordem. E sua interpretação errada pode, até mesmo, encerrar a conversa naquele exato momento.

Dica de Ouro

Aprender qualquer aspecto do idioma inglês requer atenção. No entanto, quando falamos de pontuação em inglês, essa atenção precisa ser redobrada. Isso porque os detalhes são fundamentais nesse tópico.

E essa atenção, como já destacamos, fica, cada vez mais fácil, conforme o aluno intensifica sua prática. Apesar de a maior parte de nossa comunicação ser falada, não devemos descuidar da prática da escrita e da leitura para alcançarmos um domínio satisfatório da pontuação em inglês.

Agora, se você deseja aprender cada vez mais sobre o inglês, não pode deixar de particar com os professores particulares de inglês disponíveis no CAMBLY! Não perca tempo e comece agora mesmo a potencializar os seus estudos de inglês!

Quer conhecer um pouco mais sobre os pronomes em inglês? Não deixe de ler nosso post aqui!

Deixe uma resposta

FAÇA UMA AULA DE INGLÊS GRÁTIS
%d blogueiros gostam disto: